Procedimentos minimamente invasivos

Procedimentos minimamente invasivo da hérnia discal por laser de diodo eletrônico semicondutor

O método de tratamento de hérnia discal por LASER de Diodo, também conhecido como descompressão discal percutânea a LASER ou em inglês “percutaneuous LASER disse decompression” (PLDD), consiste em puncionar o disco com uma cânula fina, sob anestesia local (sedação controlada).

Dentro da cânula é introduzida uma fibra óptica que transmite o LASER no interior do disco.

O LASER de Diodo promove a vaporização do tecido discal, diminuindo a pressão intradiscal, aliviando a pressão sobre a raiz nervosa; concomitamente, promove a desnaturação e retração (“shrink”) de tecido intradiscal, o que promove coagulação do tecido neurovascular presente em lesão de ãnulo posterior.

 

Vantagens do LASER de Diodo

  • Punção da pele sob anestesia local
  • Procedimento ambulatorial
  • Baixa complicação
  • Rápida recuperação
  • Rápido retorno às atividades
 

Indicações

  • Hérnia discal contida (cervical, torácica e lombar)

Procedimentos específicos para dor de cabeça:

  • Bloqueios anestésicos para dor de cabeça
  • Radiofrequência dos gânglios simpáticos da coluna cervical

Dores articulares

    Existem situações onde não há ainda indicação de tratamento cirúrgico em determinadas lesões articulares, nestas situações as intervenções para o alívio da dor podem auxiliar o paciente a aguardar o melhor momento da cirurgia, ou nos casos onde o procedimento não pode ser realizado devido a alguma condição clinica especial (idade avançada por exemplo), os bloqueios levarão a uma melhora da qualidade de vida do paciente.

Tipos de tratamento:

  • Bloqueio do nervo supraescapular para alivio das dores causadas por alterações da articulação do ombro.
  • Bloqueio dos nervos femoral e obturador nas patologias dolorosas do quadril.
  • Bloqueio dos nervos geniculares (joelhos).

Em determinados casos os bloqueios vão funcionar como um teste ao tratamento, que se for positivo proporcionando o alivio da dor, pode ser feito ainda um tratamento mais duradouro com o uso da radiofrequência.

Somos pioneiros no uso dos três modos de tratamento com radiofrequência:
  • Radiofrequência convencional – provoca lesão térmica de modo a “desligar” o nervo que esta doendo, proporcionando alivio da dor por um período mais longo que o bloqueio anestésico.
  • Radiofrequência pulsada – a temperatura e a frequência usada, modulam o funcionamento do nervo sem lesar a função sensitiva, preservando a sensibilidade.
  • Radiofrequênciarefrigerada – oferece uma maior área de abrangência alcançando as variações anatômicas individuais, proporcionando um melhor resultado.

Quer mais informações? Agende a sua consulta!


Dores na coluna, entenda a sua dor