Tratamento com canabinoides pode mudar vidas e é legal no Brasil

O tratamento com canabinoides é considerado seguro pela medicina. Não são raros os casos onde ele proporciona uma melhora impressionante na qualidade de vida das pessoas. Há incontáveis relatos positivos de pacientes diagnosticados com epilepsia, esclerose múltipla, dor crônica e muitas outras condições de saúde

tratamento com canabinoides

USAR MEDICAMENTOS com CANABIDIOL (CBD) SERVE PARA O QUE SINTO? FAZER UM TRATAMENTO MÉDICO COM CANNABIS É PARA MIM?

Medicamentos com extratos da planta cannabis pode aliviar sintomas e atenuar diferentes condições de saúde. Você pode se beneficiar dos efeitos positivos da planta ao fazer uso dos produtos com derivados de cannabis, sempre com o acompanhamento de um médico prescritor.

Tratamento com canabinoides

Para saber mais, acompanhe os conteúdos que informam de que maneira a cannabis medicinal pode ser aliada para alívio de condições e sintomas de saúde:

Como o tratamento com cannabis funciona?

A eficácia da cannabis como analgésico deve-se ao sistema endocanabinoide. Basicamente, o nosso corpo cria produtos químicos que afetam vários processos, como inflamação e dor. Na planta cannabis é possível encontrar elementos químicos semelhantes aos que nosso corpo produz, os canabinoides. Quando os canabinoides da planta são introduzidos no nosso corpo, podem diminuir a necessidade de produção exagerada de alguns desses elementos e, com isso, silenciar os sinais da dor.

Os principais canabinoides associados a este alívio são o THC e o CBD, que ativam vários receptores do sistema endocanabinoide no corpo e no cérebro.

A dor crônica tem impedido milhares de pessoas no Brasil e no mundo de fazer coisas simples como trabalhar, estudar, se divertir ou, simplesmente, sair de casa. A cannabis é um recurso terapêutico que pode mudar esse cenário e devolver a qualidade de vida a essas pessoas.

Tratamento com cannabis - Tabela CBD
Tratamento com cannabis - Tabela THC

Mas isso é legalizado?

A Cannabis medicinal é legal no Brasil.

Desde 2014, o CFM – Conselho Federal de Medicina – autoriza especialidades médicas a prescrever derivados da cannabis. Em 2017, a Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária a reconheceu como planta medicinal

Em 2019, a OMS – Organização Mundial da Saúde – divulgou posição favorável ao uso terapêutico da cannabis. Devido à falta de regulamentação específica, no Brasil há uma regra de exceção e os casos são analisados e aprovados um a um pela Anvisa. Milhares de famílias utilizam a cannabis como parte do tratamento para diferentes sintomas, síndromes e doenças. Veja alguns benefícios:

  • Autismo: 90% dos pais veem melhora em filhos autistas;
  • Dor Crônica: Diminuição no consumo de opiáceos em uma média de 64%;
  • Epilepsia: Convulsões reduzidas em 86% das crianças com epilepsia.