Tratamento da dor oncológica

80% dos pacientes com câncer têm dor em algum momento da sua evolução e de 50 a 60% deles têm uma intensidade de moderada a grave. Um terço dos pacientes terão mais de quatro tipos de dor.

A dor oncológica pode ser classificada em quatro categorias: causada pelo próprio câncer (60%); relacionadas ao câncer ou a fraqueza (20%); causada pelo tratamento oncológico (5%); causada por um problema concomitante (15%).

Em um estudo foram encontradas as principais causas da dor oncológica: ósseo, visceral, Neuropática, tecidos moles, imobilidade, constipação, miofascial, espasmos, esofagite, degeneração ou fratura vertebral.

Deve-se reconhecer os diferentes tipos de dor: dor nociceptiva: somática, visceral, articulada. Na avaliação de toda dor deve-se perguntar pelo máximo de dor que se sente, se é previsível ou não, e se é provocada por movimentos; e neuropática: para a compressão do nervo, ferimento Neuronal e da dor mantida pelo simpático.

Administração Dirigida de Fármacos (Liberação de Medicamentos)

Se a sua dor crônica não responde à medicação ou se você está sofrendo de alguns efeitos colaterais intoleráveis, o seu médico pode recomendar um sistema de liberação ou administração do medicamento. Também conhecido como bomba para analgesia ou bomba de dor.

O que é a administração dirigida de fármacos (Bomba de dor)?

A liberação de drogas específicas (bomba de analgesia) libera medicamentos para a dor diretamente na corrente sanguínea da medula espinhal. Isto pode resultar num alívio da dor mais eficaz do que a medicação oral, com menos efeitos colaterais, porque é absorvido através do sistema circulatório.

Como funciona a administração dirigida de fármacos?

Os sistemas de administração específica de fármacos aplicam tais drogas em torno da medula espinhal, em uma área chamada espaço intratecal.

O sistema inclui uma bomba de fármaco que está ligada através de um cateter fino, flexível. Tanto a bomba quanto o cateter devem ser completamente implantados sob a pele.

Uma vez que a bomba libera os medicamentos nos receptores da dor diretamente próximos da coluna vertebral, ao invés de viajar através do sistema circulatório, podem aliviar a dor com uma pequena fração em comparação com doses de medicamentos orais.

Efeitos dos medicamentos orais

Estudos também têm relatado que os sistemas de administração de medicamentos ajudam a aliviar a dor em muitos pacientes que não conseguiram superar com outros métodos.

Como a droga é liberada através de uma bomba de analgesia?

Em geral, o sistema de administração dirigida de fármacos utiliza diversos componentes:

Bomba de medicamentos programável: Dispositivo alimentado por bateria que armazena e distribui medicamentos de acordo com as instruções programadas do seu médico.

Um cateter intratecal: Tubo fino e flexível que liga a bomba e ajuda a liberação de fármacos para a área dos fluxos de fluido em torno da medula espinhal.

Programador para uso médico: Dispositivo no consultório, que permite que o seu médico avalie seu tratamento de acordo com as suas necessidades.

Administrador pessoal de tratamento: Um dispositivo portátil opcional que dá ao paciente mais controle sobre sua dor, o que lhe permite administrar uma dose extra de medicação para a dor, conforme necessário e de acordo com os limites estabelecidos pelo médico.

Muitas vezes, a bomba é implantada sob a pele do abdômen. O seu médico irá perguntar se este local é confortável e se não interfere com os seus movimentos.

Durante a cirurgia, o médico irá encher a bomba com a medicação apropriada. A bomba vai fornecer o medicamento através do cateter para a área da coluna, onde estão os receptores de dor. Você vai voltar ao consultório do médico para obter mais remédio quando você precisar dele.

Você pode tentar usar o sistema de administração de fármacos durante um pré-teste antes de decidir se é a melhor opção a longo prazo para você.

Expectativas realistas são a chave para a satisfação dos pacientes em qualquer tratamento contra a dor. A liberação de medicamentos pode não eliminar a fonte direta de dor ou curar qualquer doença subjacente, mas pode ajudá-lo a gerenciar melhor a dor.

Sites de referência sobre a área médica, saúde e suas soluções tecnológicas:

Quer mais informações? Agende a sua consulta!