Tratamentos Dor Cervical

Hérnia de disco cervical

Discos saudáveis entre as vértebras do pescoço estão cheios de líquido e proporcionam espaço entre as vértebras.

Quando os discos se deterioram, tornam-se mais finos, mais quebradiços e salientados. Se o revestimento externo do disco desgasta, as atividades cotidianas podem fazer com que o fluido escape, diminuindo ainda mais o espaço entre as vértebras e causando a compressão da raiz do nervo.

Os médicos referem-se a um disco com vazamento no pescoço como um disco cervical rompido ou herniado.

Sintomas

Quando um disco é herniado, o fluido que vazou pode empurrar os nervos da coluna vertebral próximos ou da medula espinhal. Isso causa dor, fraqueza e entorpecimento em seu pescoço, ombros ou braços. Sua dor pode variar de maçante, dolorida e difícil de localizar, até afiada, ardente e fácil de identificar. O tipo e a localização da dor e dos sintomas dependem de qual disco foi afetado e como está sendo pressionado contra a sua medula espinhal e raízes do nervo.

Degeneração do disco cervical

Enquanto a idade pode trazer sabedoria, também pode trazer desconforto. Uma vida inteira de torção, má postura ou lesão pode ter influência no seu pescoço:
Os discos cervicais cheios de líquido que separam a vértebra na coluna vertebral tornam-se menos flexíveis, mais finos e são amortecedores menos efetivos.
O gel suave do centro do disco cervical seca e encolhe, reduzindo o espaço disponível para as raízes do nervo e da medula espinhal.
Os ligamentos que circundam o disco cervical tornam-se quebradiços e mais fáceis de rasgar.
Esta deterioração é referida como degeneração do disco cervical ou doença do disco degenerativa cervical.

Sintomas

A doença degenerativa do disco no pescoço (coluna cervical) causa:
  • - Diminuição da flexibilidade;
  • - Dor no pescoço;
  • - Rigidez;
  • - Dor irradiada na parte de trás do ombro ou nos braços;
  • - Dormência e formigamento nos braços e nas mãos;
  • - Fraqueza;
  • - Dor nas costas, pernas e fraqueza.


  • Diagnóstico

    Se você tiver estes sintomas, seu médico verificará se há uma hérnia de disco cervical:
  • - Medindo a flexibilidade, a força e a amplitude do movimento do seu pescoço, ombros e braços;
  • - Solicitando exames de imagem, tais como raios-x, ressonância magnética ou tomografia computadorizada.


  • Tratamento

    Tratamentos não-cirúrgicos: Se você não tem evidência de compressão da raiz do nervo com fraqueza muscular, seu médico pode recomendar:
  • - Um colar cervical macio para descansar o pescoço;
  • - Medicamentos anti-inflamatórios
  • - Fisioterapia


  • Tratamentos cirúrgicos: Se o descanso, a medicação e a fisioterapia não ajudarem ou se os testes mostram compressão da raiz do nervo ou da medula espinhal, seu médico pode recomendar uma cirurgia para diminuir a dor, fraqueza e formigamento:

    Substituição do Disco Cervical

    Os discos espinhais saudáveis fornecem um amortecimento e uma articulação entre as vértebras adjacentes. Quando seus discos se deterioram, o espaço entre as vértebras se estreita, comprimindo e beliscando os nervos próximos.

    Para aliviar a dor e o desconforto causados pela compressão, um cirurgião pode remover e substituir o disco colapsado ou herniado com um disco artificial que imita um disco saudável - fornecendo amortecimento e articulação. A substituição e reconstrução da articulação com um disco artificial é denominada artroplastia de disco cervical ou substituição de disco artificial cervical.

    Com esta opção, o cirurgião do pescoço substitui o disco deteriorado por um disco artificial em vez de um espaçador, e não funde as vértebras. A substituição do disco cervical pode aliviar os sintomas, permitindo que você mantenha seu alcance de movimento

    Fusão Cervical

    Uma opção cirúrgica comum para o tratamento da degeneração do disco cervical é a cirurgia de fusão cervical. Com a fusão cervical, o cirurgião remove o disco, insere uma placa e funde a área entre duas ou mais vértebras. A fusão da coluna vertebral reduzirá sua flexibilidade e amplitude de movimento, mas pode aliviar sua dor e sintomas.

    A fusão cervical é uma opção cirúrgica comum para tratar discos danificados no pescoço. Durante a operação, o cirurgião remove o disco degenerado. Também conhecida como discectomia, esta técnica alivia a pressão sobre as raízes do nervo e/ou da medula espinhal. O cirurgião então insere um espaçador e fixa permanentemente as vértebras adjacentes uma à outra com uma placa cervical. Esta estabilização elimina o movimento e, muitas vezes, alivia sua dor e outros sintomas, podendo no entanto, reduzir a sua flexibilidade e alcance de movimento.

    *É importante discutir os possíveis riscos, complicações, eventos colaterais e outras informações médicas importantes com o seu médico.

    Sites de referência sobre a área médica, saúde e suas soluções tecnológicas:

    Quer mais informações? Agende a sua consulta!


    Dores na coluna, entenda a sua dor