Fibromialgia: 5 perguntas e respostas que você precisa saber

fibromialgia

A fibromialgia é uma doença caracterizada por dores crônicas que atinge uma parcela da população mundial – acredita-se que entre 2% a 10% no mundo, e no Brasil, algo em torno de 3% da população. Se você foi diagnosticada com fibromialgia ou tem interesse em saber mais sobre essa síndrome, acompanhe algumas perguntas e respostas indispensáveis sobre esta doença.

1. O que é a fibromialgia?

A fibromialgia é uma síndrome que não possui causas conhecidas. Essa condição pode ocasionar dores fortes por todo o corpo durante determinado tempo, ou sensibilidade nas articulações, músculos e tendões.

Além da dor, o paciente pode apresentar distúrbios no sono, fadiga, dores de cabeça, depressão e ansiedade. As vítimas mais comuns são as mulheres, com faixa etária entre 35 a 55 anos. Os especialistas ainda não conseguem explicar, mas há uma relação de 7 a 9 mulheres para 1 homem apresentando a doença.

2. Quais são as causas?

Não se pode ainda definir as causas exatas da fibromialgia. Sabe-se que é uma doença relacionada com o funcionamento do sistema nervoso central e o mecanismo de supressão da dor. Porém, vários fatores estão frequentemente associados a esta síndrome:

  • Fator genético: fibromialgia é muito recorrente em pessoas da mesma família, o que pode indicar a existência de algumas mutações genéticas capazes de causar a síndrome.
  • Infecções por vírus: uma das possíveis causas pode ser a evolução de doenças autoimunes após uma contaminação.
  • Distúrbio do sono, sedentarismo, ansiedade e depressão.
  • Trauma físico ou emocional: a fibromialgia às vezes pode ser desencadeada por um trauma físico, o estresse psicológico também pode desencadear a condição.
  • Sensibilização central: pessoas com fibromialgia possuem menos substâncias que inibem a dor e mais moléculas encarregadas de amplificá-la.

3. Onde ocorrem as dores no corpo?

Em cada lado do corpo existem 9 pontos onde as dores podem se apresentar individualmente ou nos 18 pontos espalhados em ambos os lados:

1)     na região subocciptal (atrás da cabeça);
2)     no músculo trapézio (em cima do ombro e nas costas);
3)      na região supraespinal;
4)      na altura das vértebras cervicais;
5)      na articulação condrocostal, onde a segunda costela se insere no osso esterno;
6)      no joelho, especialmente na parte de trás do joelho;
7)      no trocanter, área onde o fêmur se encaixa na bacia;
8)      na região glútea;
9)      do lado do cotovelo.

4. Como diagnosticar?

Procure um médico, pois o diagnóstico da fibromialgia é feito clinicamente, por meio do histórico de dores e exames físico (não existe exame laboratorial que identifique a doença).

Primeiro, o médico realiza uma série de exames que descartam outras patologias neurológicas que induzem à dor e ao cansaço. Após isso, as estruturas musculares, ósseas e articulações também são analisadas. Por fim, os 18 pontos dolorosos já mencionados são apalpados para fechar o diagnóstico. Alguns autores defendem que, havendo de nove a 11 pontos dolorosos, a doença está caracterizada.

5. Existe tratamento para fibromialgia?

Muitas pessoas que vivem com fibromialgia se questionam se há tratamento para esse problema. A resposta é sim. Dentro da abordagem multidisciplinar, a neurocirurgia funcional é uma área que se dedica ao tratamento das mais diversas doenças neurológicas que limitam a funcionalidade, tais como as dores crônicas, por exemplo.

Com os tratamentos oferecidos é possível bloquear os nervos periféricos associados ao desconforto, por exemplo. Sendo assim, a região que ocasiona o padecimento é adormecida, promovendo o alívio da dor.

Não é por menos que muitos pacientes que sofrem com essa condição buscam apoio na cirurgia neurológica funcional.

👨‍⚕ESPERO PODER TE AJUDAR NO TRATAMENTO DA DOR.

Caso você não encontre solução para dor crônica, converse com o profissional da saúde sobre neurocirurgia funcional e ligue para nós:
(32) 3218-6797 | 3215-8551

Endereço:Av. Itamar Franco, 4001 – Salas 616 e 617Cascatinha – Juiz de Fora/MG – 36033-318

Continue nos acompanhando no Facebook e Instagram.

*As informações publicadas nesta página não substitui o conselho médico profissional. Sempre consulte um médico para um diagnóstico e tratamento ajustado ao seu caso.😉

15 Comentários

  1. Beatriz Defilippo disse:

    Tenho fibromialgia e hérnias de disco na coluna cervical e lombar.Alem de desencadear dor no nervo ciático.Tomo medicação constante.Ha 3 anos estou impedida de certas tarefas.R com isso fiquei sedentária, sobrepeso, e outras coisitas mais.Ate tentei uma consulta com o Doutor acima mencionado,as não atende o meu plano. Parece-me que é só particular e não foi.possivel pra mim, uma vez que meu plano e considerável pra mim alto em termos de valores.

  2. Sueli Silva Cavalcanti Nunes disse:

    Um assunto muito importante a fibromialgia gostaria de mais conteúdo.

    • Kaio disse:

      Olá Sueli, agradecemos a sua participação por aqui. Continue acompanhando nosso conteúdo e siga-nos nas redes sociais. Em breve estaremos divulgando novos texto sobre Fibromialgia.
      Facebook Marcelo Quesado | Instagram Marcelo Quesado

      • Boa noite, tenho fibromialgia, descobrir no ano passado. Mais tenho problema nos joelhos na perna direita e pior. Agora fiz um doble e descobrir que tenho um sisto no joelho direito. Já ando de muleta para não forçar a perna, mais a alguns meses para cá, tenho piorado, não aguento andar mais de bicicleta e subir escadas ou mesmo uma subida para mim e muito dolorosa. Remédio não faz efeito. O que posso fazer para poder tentar ter uma vida mais saudável?

        • Kaio disse:

          Olá Thereza, como vai. O tratamento da Fibromialgia é uma abordagem multidiciplinar, ou seja, feita por vários profissionais da saúde, tais como o psicólogo, neurocirurgião, fisioterapeuta, entre outros. Primeiro, recomendo que você converse sobre suas dores com esses profissionais, podendo assim conhecer a melhor maneira de iniciar o tratamento. Nossos telefones estão a sua disposição: (32) 3218-6797 ou 3215-8551.. Espero ter ajudado.

      • Ana maria de Castro alves disse:

        Não tenho o diagnóstico ainda mais todos ls sintomas ,condiz que tenho a. Fibromialgia será que p clínico me dsr o diagnóstico

        • Kaio disse:

          Olá Ana, somos especialistas em intervenções neurocirúrgicas minimamente invasivas para tratar casos de dores crônicas. É esperado que o paciente já venha com os diagnósticos, no caso da fibromialgia, com uma equipe multidisciplinar. Obrigado por interagir conosco.

  3. Samanta Obadia disse:

    Estou c fibromialgia mas moro no RJ. Onde encontro esse tratamento por aqui?

    • Kaio disse:

      Olá Samantha, somos da equipe de comunicação da clínica e cuidamos dos posts e dúvidas sobre contato e agendamento. Infelizmente não tenho como atender sua solicitação.

  4. Maria das Graças Assis Garcia disse:

    Tenho dores pelo corpo todo e principalmente no externo doi coluna joelho atrás do joelho por trás do pescoço. Qdo fico atacada geralmente é após serviços mais pesados.Doi demais não sei o que fazer.Preciso de ajuda.

    • Kaio disse:

      Olá Maria, tudo bom? Somos uma clínica especialista em neurocirurgia com foco na intervenção e tratamento da dor crônica, alcançando bons resultados com procedimentos minimamente invasivos, que não precisam nem de internação. Aqui no site você pode encontrar a descrição de cada um deles. De qualquer forma, peço que ligue para nossa clínica. Precisamos entender o seu caso e te encaminhar para o tratamento ideal:(32) 3218-6797 | 3215-8551
      ‍⚕Espero ter ajudado.

  5. Cristiane Vieira De Sousa disse:

    Descobri a doença a pouco tempo,as já sentia muitas dores, também tenho 2 her nossa na lombar e 2 na cervical. É muito triste acordar com dores todos os dias

    • Kaio disse:

      Olá Cristiane, tudo bom? Somos uma clínica especialista em neurocirurgia com foco na intervenção e tratamento da dor crônica, alcançando bons resultados com procedimentos minimamente invasivos, que não precisam nem de internação. Aqui no site você pode encontrar a descrição de cada um deles. De qualquer forma, peço que ligue para nossa clínica. Precisamos entender o seu caso e te encaminhar para o tratamento ideal:(32) 3218-6797 | 3215-8551
      ‍⚕Espero ter ajudado.

  6. Suzi conde morelo disse:

    Agora mesmo estou deotada e doi o femur todo descendo a dor para as pernas ,doi os ossos dos braços e qdo acordo nao consigo levantar de tanta dor no nervo ciatico e qdo levanto ando toda torda com muota dor nos ossos, será que é fibromialgoa?

    • Atendimento disse:

      Oi Suzi, como vai? Fibromialgia é uma síndrome comum, se manifesta com dores por longos períodos no corpo todo, principalmente na musculatura, articulações e tendões.
      Além da dor, o paciente pode apresentar distúrbios no sono, fadiga, dores de cabeça, depressão, ansiedade e alterações intestinais.
      Mas para se ter um diagnóstico, é preciso se consultar com um médico, só a consulta clínica é capaz de diagnosticar a Fibromialgia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *