Quando devo me preocupar com a dor de cabeça?

🤯 A dor piora gradativamente.
Pode ser um sinal de um aneurisma. Vale saber que é possível viver anos com um aneurisma cerebral e não apresentar sintomas. Se a dor de cabeça ficar mais forte com o tempo e não responder a analgésicos, no entanto, fique atento.

🤯 Mudança de padrão
Se você tem uma enxaqueca que já conhece mas agora a dor muda o padrão: está vindo de outra região e de maneira mais intensa, constante e diferente; isso é também é um sinal de alerta.

🤯 Você perde força e movimentos
Uma dor de cabeça comum associada com dificuldade para falar e andar, paralisia facial, tontura e formigamento nos membros, pode sinalizar que alguém está sofrendo um AVC. Procure atendimento médico imediatamente.

🤯 A dor surge depois de uma pancada
Fique atento às primeiras 48 horas após a batida. A batida pode comprimir alguma área do cérebro ou provocar uma hemorragia intracraniana durante esse período. As consequências variam dependendo da região afetada, mas alterações na fala, visão ou movimentos, sonolência, confusão mental e formigamento no corpo, além de dor de cabeça, são alguns sinais de alerta.

🤯 Você tem mais de 50 anos
A idade aumenta o risco de diversas doenças inflamatórias e autoimunes. A arterite temporal é um exemplo: trata-se da inflamação de vasos sanguíneos cranianos, o que compromete a circulação sanguínea local. Se sentir dor latejante nas laterais da testa e no couro cabeludo, fraqueza na mandíbula e nos membros superiores, procure a emergência do hospital, pois a demora no tratamento pode levar a cegueira.

Fique atento aos sinais do seu corpo. Viver sentindo dores não é normal.